O que Não Pode Ser Levado na Bagagem Acompanhada Para o Brasil

Segundo a Receita Federal Brasileira, bagagem acompanhada é toda aquela que pode ser transportada pelos passageiros, no mesmo meio de transporte que eles. Na bagagem acompanhada, os passageiros podem trazer diversas mercadorias e também uma lista imensa de produtos que não podem entrar no país. Nem todos os produtos são isentos de impostos e taxas de importação, é sempre bom saber.

Realizamos uma pesquisa nos sites do governo brasileiro e destacamos alguns itens importantes para quem deseja voltar ao Brasil e dividimos o assunto em 4 partes:

Parte I – O que pode e o que não pode levar na bagagem de mão
Parte II – O que pode levar na bagagem acompanhada
Parte III – O que não pode levar na bagagem acompanhada
Parte IV – Procedimento no desembarque – Algumas dúvidas

Parte III – O que  não pode ser levar na bagagem acompanhada

  • Parte e peças de veículo. Não é permitido trazer do exterior nenhuma peça de veículo, como pneus.
  • Brinquedos, réplicas e simulacros de armas de fogo
  • Produtos contendo organismo geneticamente modificados
  • Produtos de origem agropecuários não permitidos ingressar no Brasil sem autorização
Limpeza-de-Bolsas-e-Malas

Fonte clubebaristamg.blogspot.com –

  • Frutas e hortaliças frescas.
  • Insetos, caracóis, bactérias e fungos.
  • Flores, plantas ou partes delas.
  • Bulbos, sementes, mudas e estacas.
  • Animais de companhia, como cães e gatos, pois podem transmitir a raiva, entre outras doenças.
  • Aves domésticas e silvestres, pois podem albergar o vírus da influenza (gripe aviária).
  • Espécies exóticas, pescados, aves ornamentais e abelhas, pois podem transmitir doenças que não existem no Brasil.
  • Carnes de qualquer espécie animal, in natura ou industrializadas (embutidos, presuntos, defumados, salgados, enlatados), pois podem conter agentes infecciosos.
  • Leite e produtos lácteos, como queijos, manteiga, doce de leite, iogurtes, pois, além de necessitarem de condições especiais de conservação, ainda podem conter agentes infecciosos.
  • Produtos apícolas (mel, cera, própolis etc.) porque podem albergar agentes infecciosos.
  • Ovos e derivados, pois também requerem condições especiais de conservação e podem conter agentes infecciosos.
  • Pescados e derivados, pela mesma razão anterior.
  • Sêmen e embriões, considerados materiais de multiplicação animal, potencializando o risco de disseminação de doenças.
  • Produtos biológicos, veterinários (soro, vacinas e medicamentos) requerem registro junto ao MAPA.
  • Alimentos para animais (ração, biscoitos para cães e gatos, courinhos de morder) requerem registro junto ao MAPA.
  • Terras.
  • Madeiras brutas não tratadas.
  • Agrotóxicos.
  • Material biológico para pesquisa científica, entre outros, como amostras de animais, vegetais ou suas partes e kits para diagnóstico laboratorial.
  • Comida servida a bordo.

Se você for ao exterior, os derivados de leite, como doce de leite, queijos e iogurtes, também estão proibidos de entrada no país, pois necessitam de temperatura de refrigeração para uma correta conservação.

Quando trazidos em bagagens do exterior, permanecem várias horas fora da temperatura adequada e podem conter bactérias e outros patógenos, causando riscos à saúde de quem os consome.

O mesmo vale para produtos cárneos, como carnes cruas, embutidos e carnes enlatadas.

nalfandega

Por razões de segurança, as leis de todos os países proíbem o transporte dos seguintes produtos tanto na bagagem de mão, como na bagagem de porão (bagagem acompanhada):

    • Malas com alarmes incluídos
    • Explosivos, fogo de artifício, foguetes
    • Latas pressurizadas contendo gases irritativos, sprays de autodefesa, gás para campismo
    • Latas com líquido inflamáveis como combustível para isqueiros, tinta, verniz, diluentes
    • Produtos facilmente inflamáveis, como fósforos
    • Substâncias que emitam gases inflamáveis quando em contacto com água
    • Substâncias oxidantes como lixívia em pó, peróxidos
    • Substâncias venenosas (tóxicas) e infecciosas como mercúrio, bactérias e culturas de vírus
    • Materiais e produtos radioativos
    • Substâncias corrosivas como ácidos, alcalinos, baterias de células úmidas
    • Materiais fortemente magnéticos
    • Equipamentos operados a gasolina e ferramentas que tenham contido quantidades mínimas de gasolina

Referências: http://www.unitour.co.jphttp://www.infraero.gov.brhttp://www.tecmundo.com.br

Para maiores informações

Leia também

parte I - o que pode e não pode levar na bagagem de mão - viagens internacionais parte II - o que pode e pode levar na bagagem acompanhada - viagens internacionais parte IV procedimento de desembarque de bagagens - declaração de bens - viagens internacionais

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Compar tilhe!
Clique aqui para deixar um comentário 0 comentários