6 Dicas Para Minimizar a Ressaca no Dia Seguinte

Vamos cuidar da saúde! Antes de beber com os amigos, em festas, churrascos, conheça algumas dicas importantes, para não sofrer “no dia seguinte” com os conhecidos incômodos: dor de cabeça, enjôo, fraqueza e uma sede insaciável.

Algumas das melhores fórmulas para evitar a ressaca é prevenir-se contra ela.

6 dicas para pelos menos tentar diminuir a ressaca no dia seguinte!

  1. Forre o estômago
    A dica da vovó não é lenda: comer antes de ingerir bebidas alcoólicas ajuda a reduzir os efeitos da ressaca. “A concentração de álcool é diluída e a absorção fica mais lenta, dando ao organismo mais tempo para metabolizar as toxinas”
  2. Hidrate-se antes
    Uma medida preventiva importante é deixar o corpo hidratado. Então, antes de ir para o barzinho, abuse da água, dos sucos e das frutas. Bebidas isotônicas e chás com mel e limão também estão liberados. Desta maneira, os rins filtram o grande fluxo de líquido e diluem o álcool concentrado. “Esses alimentos são ricos em sais minerais e frutose (o açúcar da fruta), bons para deixar o corpo em perfeito funcionamento contra a ressaca”, dizem os especialistas.
  3. Coma alimentos gordurosos
    Aquela saborosa tábua de frios está liberada e, melhor, substitui o velho hábito de tomar uma colher de azeite antes de beber algo alcoólico. Sim, o queijo, o salame e todos os petiscos ricos em gordura ajudam a reduzir a ressaca, pois o esvaziamento gástrico fica lento, dilui o álcool, e deixa a absorção pelo organismo lenta. Porém, essa solução é válida antes dos sintomas aparecerem, já que neste estágio contribuirá para o aumento do desconforto digestivo.
  4. Coma banana
    Alimentos ricos em vitamina B6 como a banana são excelentes para reduzir as náuseas, bastante comuns durante a ressaca. Outras fontes do nutriente são feijão, abacate e tomate.
  5. Beba sem pressa
    Outra maneira de evitar a concentração de álcool no organismo é beber sem pressa. Entre um drinque e outro, faça um intervalo de cerca de uma hora. Para não ficar de mãos vazias, coma um petisco e beba sucos e água. Desta maneira, a chance de intoxicação pelo álcool é reduzida.
  6. Evite misturas e grandes doses
    Combinações de bebidas alcoólicas podem favorecer a ressaca mais que outras. “Por isso devem ser tomadas mais lentamente e com mais moderação”, recomenda os gastroenterologists. Ao mistura bebidas diferentes o metabolismo fica mais lento, já o consumo de vinhos espumantes em grande quantidade acelera a absorção do álcool. Tome cuidado também com as bebidas doces, pois elas parecem mais fracas e, com isso, acaba-se bebendo mais.

Importante saber

Como melhorar a ressaca
A famosa ressaca nada mais é do que uma leve intoxicação hepática, em que o fígado ficou fragilizado após trabalhar demais para metabolizar toda a quantidade de álcool ingerida. Para sair desse estado, é preciso deixar o fígado descansar e hidratar o organismo, na tentativa de eliminar as toxinas mais rapidamente. Algumas dicas são:

  • Tome muita água, água-de-coco e bebidas isotônicas para repor sais minerais
  • Evite o jejum e faça refeições leves
  • Ingira produtos integrais (massas, arroz, biscoitos e pães)
  • Consuma frutas ou sucos naturais e legumes cozidos
  • Aposte nas proteínas (queijo branco, fresco ou ricota) e produtos derivados da soja
  • Evite leite de vaca, carnes vermelhas, frituras e gorduras (como manteiga e margarina)  (citado no G1 Bem Estar, artigo interessante, vale a pena conferir)

Lembre-se

O consumo contínuo de álcool só acumula prejuízos ao organismo, que são muitos.
Quando se está bebendo, a vontade de aliviar a bexiga aumenta em 20%. Parece um desconforto menor, mas isso pode levar à desidratação.

Outro órgão bastante atingido pelo álcool é o estômago, que reage às altas dosagens causando dores, vômitos e enjôos.

No intestino a absorção de água e sódio diminui, o que também contribui para a desidratação. Ainda nesse órgão, o consumo crônico de bebidas alcoólicas pode interferir no trabalho das enzimas responsáveis por decompor carboidratos, proteínas e gorduras. O resultado é uma menor absorção de vitaminas, minerais e outras substâncias essenciais ao corpo. (citado no Blog Nandoprisnitz’s Weblog)

No Japão

Encontramos à venda junto com bebidas alcóolicas, uma bebida à base de UKON (conhecido como açafrão-da-terra: planta herbácea da família do gengibre). Sua característica principal é atuar como digestivo e ativador da função hepática. Da sua raiz seca e moída se extrai o pó, conhecido simplesmente por açafrão, utilizado como condimento ou corante de cor amarela e brilhante, na culinária e no preparo de medicamentos.

6 dicas para pelos menos tentar diminuir a ressaca no dia seguinte!Ukon

Você conhece outras dicas?

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Compar tilhe!
Clique aqui para deixar um comentário 0 comentários