Você Sabe Como Trocar Cartões de Visitas no Japão?

Na troca dos cartões de visitas e mesmo em outros casos, quando a pessoa se aproxima, deve-se primeiramente levantar e cumprimentar. Nas visitas é costume apresentar o cartão de visitas antes, e quando se recebe o cartão é desejável de que seja feito com ambas as mãos.

O cartão de visitas representa a pessoa que o entrega, devendo-se tomar extremo cuidado no seu manuseio.

Na hora de recebê-lo, atente para que os dedos não escondam a parte escrita.

Leia o conteúdo rapidamente, deixando o cartão em cima da mesa (para evitar de esquecer o nome da pessoa com quem está conversando). Na hora de entregar o cartão de visitas, é costume deixá-lo do lado que facilite a leitura do conteúdo pela pessoa que irá recebê-lo.

A importância de conhecer esta etiqueta social japonesa

Nos dias de hoje, não somente os empresários e pequenos empreendedores possuem os cartões de visitas, com a facilidade de imprimir cartões em casa, atualmente qualquer pessoa poderá ter o seu cartão de visitas.

A qualquer momento poderemos estar numa situação de receber um cartão de visitas, seja de um vendedor, de um empresário ou mesmo de algum conhecido japonês. Conhecer e praticar corretamente a etiqueta da troca de cartões deixa boa impressão de sua pessoa, mesmo sendo estrangeiro.

No Japão pós guerra, quando grandes empresas americanas e européias iniciaram as negociações com o Japão, muitas grandes transações comerciais não se efetivaram. O motivo foi o desconhecimento da postura de troca de cartões dos japoneses.

Atualmente, grandes empresários, governantes e políticos do mundo inteiro recebem treinamento específico para transação com empresas japonesas e a troca de cartões é algo primordial no primeiro contato comercial e social.

No Japão, os novos funcionários de uma empresa recebem também um rigoroso treinamento para troca de cartões de visitas, independente da função, pois representam a empresa e os negócios e a boa impressão depende da atitude correta e respeitosa no primeiro contato.

meishi 2

A importância do cartão de visitas para os japoneses

O cartão de visita é um dos itens mais importantes em um contato profissional. Para os orientais, o valor do cartão de visitas é tão expressivo que o recebimento dele é feito com as duas mãos. É por meio dele que a pessoa do profissional e a empresa que ele representa iniciam uma interação que lhes oferece a possibilidade de serem conhecidos pelo outro.

Ao se apresentar sem um cartão de visita, o profissional corre o risco de comprometer a sua credibilidade, oferecendo uma imagem que poderia ser interpretada como desleixo e falta de organização.

A troca de cartões de visitas no Japão costuma ser mais cerimoniosa que no Ocidente, um ritual empresarial muito importante, pois é feito logo que as pessoas se encontram e deixam boas impressões.

meishi

Meishi – cartão de visitas, cerimônia de trocas

Geralmente são impressos com o logo e os dados da empresa, cargo, nome, endereço, informações para contato (telefone, e-mail) em japonês na parte frontal e em romaji (alfabeto) no verso.

O meishi informa a posição, o status e o grupo hierárquico da pessoa dentro de uma empresa. É muito importante num encontro de negócios não esquecer o meishi (cartão de visitas), pois a reflete a educação e etiqueta social dos envolvidos. O esquecimento do nome da pessoa em diálogo é uma demonstração de rudeza.

Meishi-ire é o porta cartões, para comodar os seus cartões como da pessoa que você está conhecendo..

A etiqueta para trocar os cartões inclui postura corporal e demonstração de respeito.

Esta explicação está no Blog Sushicomtucupi :

Segure seu porta cartões com a mão esquerda colocada à frente do seu corpo (cotovelo levemente flexionado), a mão direita deve segurar o cartão pelo canto virado para a pessoa que está recebendo, sem cobrir seu nome ou o logo da empresa.
A partir do momento que a pessoa vai receber você deve segurar com as duas mãos pelos cantos – como na foto, no caso quem está à esquerda está dando o cartão e o lado direito está obviamente recebendo, observe bem a posição das mãos (nesse caso o cartão foi virado, mas preferencialmente é na posição horizontal). 
 
Se você for de posição hierárquica superior (como por exemplo ser bem mais velho) que o seu visitante você entrega primeiro. Em geral por cortesia se espera a pessoa se “preparar” para trocar cartões, como tirar o porta cartões do paletó.
Durante a troca a pessoa se apresenta “Watashiwa – seu sobrenome e nome aqui – to omoushimasu” e fala o tradicional “hajimemashite yoroshiku itasimasu” que significa ” prazer em conhecê-lo e por favor olhe por mim, estarei sob seus cuidados” e seu corpo deve ter uma leve curvatura (olhe a figura ao lado) e os calcanhares devem estar juntos, com as pontas dos pés para fora.
Ao receber o cartão pegue-o com as duas mãos e leia-o nessa mesma posição, mais como se fosse uma contemplação, demonstrando respeito pela pessoa à sua frente.

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Compar tilhe!
Clique aqui para deixar um comentário 0 comentários