H&M – Moda Sustentável Social, Econômica e Ambientalmente

Famosa no mundo inteiro, a rede de lojas de moda H&M fazem muito sucesso no Japão também. Recentemente foram inauguradas muitas lojas, que se concentram na região de Tokyo, mas podem ser encontradas em capitais como Nagoya, Osaka, Fukuoka, Shizuoka.

O estilo ocidental e o preço acessível agradam clientes de todas as idades. O que poucos sabem, é o trabalho de sustentabilidade realizada por esta grande rede varejista na preservação de recursos naturais, utilização de tecnologia na agricultura e na administração da água para plantação de algodão e produção de vestuário.

Segue um pequeno resumo.

H&M Hennes & Mauritz AB (H&M) é uma multinacional sueca, empresa de varejo de vestuário para homens, mulheres, adolescentes e crianças.

  • Presente em 49 países conta com 2.900 lojas e 104 mil funcionários (74% do sexo feminino). Conta com 800 fábricas na Europa e na Ásia.
  • Fundada em 1947 pelo avô do atual CEO Karl-Johan Persson, primeira empresa varejista de moda no mundo a lançar um sistema global para coletar roupas velhas e reciclar para uma nova vida.
  • Classificada como a segunda maior varejista de roupas global, apenas atrás da Espanha, Inditex. Em terceiro lugar entre as maiores varejistas de roupas global esta a GAP (Estados Unidos).
  • Filosofia: utilizando os recursos naturais e matérias primas de forma eficiente, muitas vezes significa redução de custos
    • Considera número1 como empresa usuário de algodão orgânico em todo o mundo3,2 milhões de roupas doadas para instituições de caridade
    • 450 milhões de litros de água economizada em produção de jeans
  • A empresa H&M objetiva até 2020 que todo o algodão utilizado venha de fontes sustentáveis, que se preocupam com as pessoas e o meio ambiente. Atualmente utilizando a Better Cotton, algodão orgânico e reciclado.

No Japão

H&M

Estabeleceu-sen en agosto de 2007 e a primeira loja foi inaugurada em Tokyo, Ginza em setembro de 2008. Depois Harajuku, Yokohama. Em 2010, inaugurado em Osaka e Fukuoka em 2011. Em 2012 mais 15 lojas foram abertas, inclusive Nagoya e Sendai. Em abril, Shizuoka ganhou uma loja e até o final do ano, em Hiroshima.

Quem deseja saber a localização das lojas, acesse (em japonês) : http://www.hm.com/jp/store-locator

Trabalho de responsabilidade social e sustentabilidade

Água

A água desempenha um papel importante ao longo da vida de uma peça de roupa, desde o cultivo do algodão para fazer tecidos e, finalmente, lavar roupas em casa. Mas a água é um recurso escasso. Atualmente, 2,7 bilhões de pessoas – cerca de 40% da população mundial – vivem em bacias hidrográficas que sofrem escassez severa de água, durante pelo menos um mês do ano, de acordo com o WWF. 

Cerca de um terço das fábricas que fazem roupas para H&M usando processos úmidos já estão localizados em áreas com escassez de água extremos. É por isso que tem uma parceria com WWF para definir novos padrões para a gestão da água na indústria da moda.

O algodão é um material natural renovável, com muitas vantagens, mas também um certo número de problemas. Segundo a pesquisa WWF, leva uma média de 8.500 litros de água para produzir um quilo de algodão em pluma – o suficiente para fazer um par de jeans.

Começando já na prancheta, da H&M designers e compradores recebem treinamento adicional sobre os impactos da água. Isso poderia resultar em estilistas escolhem certas matérias-primas ou estilos de fazer escolhas mais sustentáveis ​​desde o início.

Estamos empenhados em melhorar ainda mais a nossa eficiência interna de água, continuam a minimizar o impacto de nossos fornecedores na água e educar todos os nossos colaboradores a nível mundial sobre questões de água. Além disso, estamos continuamente a trabalhar para inspirar nossos clientes a usar a água de forma responsável. (CEO Karl-Johan Persson)

O algodão orgânico

H&M está ativamente envolvido no Better Cotton Initiative (BCI) . O BCI é uma iniciativa multissetorial de longo prazo que desenvolve e promove as boas práticas agrícolas, permitindo que mais algodão para sejam cultivadas, reduzindo o uso de água e produtos químicos e proteger as condições de trabalho e da biodiversidade. Destina-se a fazer todo o algodão mais sustentável. H&M investe em treinamento de agricultores sob o sistema BCI.

O algodão orgânico é o algodão que, entre outras coisas, é cultivado sem pesticidas químicos ou fertilizantes. Cultivo orgânico também reduz o potencial impacto negativo da produção de algodão na qualidade da água local e da biodiversidade. Atualmente cultivados na Turquia, India e China.

Algodão reciclado

H&M utiliza 100% de algodão orgânico e também vestuário orgânico misturados, contendo uma mistura de algodão orgânico e convencional. Algodão reciclado é feito a partir de restos de algodão na produção de têxteis. Estes são moídos em fibra, fiado em novos fios e tecidas em tecidos novos.

Benefícios de algodão reciclado

  • Redução do uso de algodão virgem
  • Redução do uso de produtos químicos, água e terra
  • Pode ser usado em misturas que consistem em até 70% de fibras recicladas

Ao aumentar gradualmente o uso de materiais reciclados que podem reforçar o mercado e apoiar outras inovações. Ao mesmo tempo, continuam a aprender a trabalhar com estes materiais e ajudar a minimizar os impactos ambientais.

O trabalho na midia social

H&M estabeleceu uma forte presença na mídia social, faz parte da vida diária dos clientes através das páginas no Facebook, Twitter, Instagram, Google+ e YouTube, assim como as redes sociais chinesas Youku e Sina Weibo. Cada rede é atualizado em uma base regular.

Através da mídia social, milhões de H&M fãs e seguidores partilham ideias e opiniões e obtem resposta rápida às suas dúvidas.

Através da H&M aplicativos, os clientes podem explorar as últimas coleções e campanhas, descobrir o que há de novo na H&M e localizar  lojas. 

Site da H&M Japão : http://www.hm.com/jp/

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Compar tilhe!
Clique aqui para deixar um comentário 0 comentários