1

Por que os Japoneses Fazem o Sinal V ou Paz e Amor, Para Tirar Fotos Descontraídas?

Você também tira foto assim? Pose muito comum entre os japoneses, fazer o sinal de V com a mão praticamente vira um gesto automático depois de um tempo por aqui!

E você, tem muitas fotos assim? Faz o gesto com frequência?

Quem nunca ouviu ou soltou a expressão < olha o passarinho > na hora de fotografar.

Como surgiu esta expressão?

Segundo nos explica o professor Ari Riboldi, no seu livro O Bode Expiatório, quando foi inventada a máquina fotográfica, no fim do século XIX, o espaço de tempo para fixar a imagem era mais demorado do que hoje. Na época, as pessoas tinham que ficar minutos olhando fixamente, sem se mexer, para a lente do retratista – como era chamado o fotógrafo.

Para reter por mais tempo a atenção das pessoas, especialmente das crianças, os fotógrafos costumavam colocar uma gaiola com um passarinho em local acima da máquina e dizer a famosa frase.

Dessa época para as fotos de hoje, nas quais a imagem é capturada em milésimos de segundo, restou apenas a frase: olha o passarinho! (publicado Noticias Terra)

 

Por que no Japão na hora de tirar a foto, fala-se 「ハイ チーズ」Hai, ti-zu (cheese)?

Em 1963 foi veiculado um comercial da empresa Yukijirushi (produtora de laticínios) utilizando esta frase e assim se popularizou no Japão nos momentos em que o fotógrafo deseja registrar um sorriso mais natural…

Quando surgiu a moda de fazer o sinal de “Paz e Amor” nas fotos?

foto com sinal V pazDurante a década de 70, foi crescendo uma opinião pública que condenava os governos ditatoriais e racistas, a corrida armamentista, o perigo da guerra e das usinas nucleares, a guerra do Vietnã, o apartheid na África do Sul e na Rodésia, a discriminação racial e sexual, a devastação dos recursos naturais do planeta.

Durante anos, a Guerra do Vietnã provocara repercussões na sociedade americana, que ficou ainda mais abalada com o escândalo de Watergate – escândalo da invasão e espionagem na sede nacional do Partido Democrata no edifício Watergate, em Washington, em junho de 1972, envolvendo o governo e desmoralizando as instituições norte-americanas, e que levou à renúncia do presidente Nixon em 1974. Em relação à guerra do Vietnã, crescera um sentimento antiguerra e eram constantes as ondas de protestos contra os violentos bombardeios, o recrutamento militar e a continuação da guerra financiada por bilhões de dólares liberados pelo Congresso.

Surgiu então vários movimentos pregando a paz e o amor, dentre eles o que mais se destaca é o movimento “hippie”. Os EUA convocavam os meninos à ir para a guerra do vietnã, enquanto muitos deles se negavam e iam embora de casa, muitas vezes eram expulsos. Moravam nas ruas, e muitas vezes suas irmãs os acompanhavam. Eles pregavam o fim da guerra, o fim das desigualdades sexuais e imporam a liberdade. Muitas mulheres retiravam as blusas em devoção à essas manifestações: Liberdade, paz e direitos iguais.

Foram os hippies que criaram o símbolo “paz e amor” transmitidos por sinais nas mãos com os dedos indicadores e médios e os outros curvados. Nessa época, também explodiu o rock and roll.

No Japão é muito comum fotos com sinais de V – símbolo da PAZ

Jovens quando pousam para fotos informais usam o sinal de V, paz. Esta prática foi influenciada pela figura da skater americana Janet Lynn durante a Olimpíada de Inverno em 1972, realizada em Sapporo, Hokkaido. Ela caiu durante um período de livre-skate, mas continuou a sorrir, mesmo quando ela se sentou sobre o gelo. Embora tenha ficado em terceiro lugar na competição, com a alegre diligência e persistência, emocionou muitos os espectadores japoneses. As fotos da atleta com o sinal V ficaram famosas… Desde a década de 1970 esta atitude se popularizou entre os japoneses na ocasião de tirar fotos no Japão, mas também muito encontrada na Coréia do Sul e em Taiwan (nestes locais, com signficado de Vitória).

No Japão os mais jovens acham um charme fazer a posição do V, inclinando a cabeça, fazendo beicinhos, transmitindo uma imagem simpática, alegre e descontraída. 

E vocês, já aderiram à moda dos japoneses?

Na realidade sorrir para uma foto não é uma tarefa fácil, além do nervosismo, um sorriso forçado estraga tudo. Muitas pessoas odeiam a forma como saem nas fotos. Mesmo que sejam pessoas confiantes e atraentes na vida real, no momento em que posam para uma foto ficam estranhas, desajeitadas e suas expressões não parecem sinceras. Para evitar essa aparência nas fotografias, pode ser necessário praticar ser sorriso. Se você não gosta que tirem fotos suas, terá que fingir um sorriso de alguma forma, ou arriscar parecer extremamente infeliz.

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Compar tilhe!
Clique aqui para deixar um comentário 1 comentários