1

O que Você Faria se Encontrasse Um Objeto Perdido na Rua?

Será que se fosse no Brasil aconteceria o mesmo? Outro dia, vi esta cena. Com certeza alguém deixou cair um boné, mas quem achou simplesmente deixou pendurado à mostra para que o seu dono ao retornar procurando, pudesse recuperar o objeto perdido. Coisas do Japão?

Outro exemplo de comportamento dos japoneses, achei uma foto postada na fanpage do Blog Vidas em Voltas, com a seguinte mensagem: “Estacionar, deixar a jaqueta de couro sobre a moto durante horas enquanto passeia, sem se preocupar: só no Japão!”

Quem mora no Japão já se acostumou com estes episódios. Todos já tiveram a experiência de um dia deixarem cair um objeto e ao retornarem ao local, na maioria das vezes encontrarem o que foi perdido. Tem pessoas que acabam não encontrando…

Karina Kovalick, no Blog Sushi com Banana, escreve um artigo sobre este assunto: japoneses não entendem porque o mundo se espanta com honestidade deles. Descreve que no Japão não existe o conceito de <achado não é roubado>… e o pensamento é de que “o que foi perdido não me pertence” . Desta forma, a atitude de encontrar algum pertence caído no chão, é deixá-lo em local visível por perto, para que os donos encontrem quando vierem procurar. Se for um objeto de valor, documento ou carteira, é levado à Delegacia ou Posto Policial mais próximo.

No artigo citado acima, Karina também fala sobre o episódio pós tsunami, quando grande volume de dinheiro foi encontrado entre os destroços e levado para identificação dos donos. Isto foi divulgado na imprensa internacional como algo fantástico e espetacular, porém para o povo japonês esta é a atitude natural e correta, seguindo os princípios da integridade e honestidade.

Outro dia uma conhecida estava apavorada pois o seu animal de estimação havia se perdido durante um passeio. Voltou a procurar várias e várias vezes nos diversos locais que costumava ir junto com seu cão. Por fim, resolveu ir à delegacia para solicitar ajuda. Para surpresa dela, o seu cãozinho estava num cantinho do posto policial, tomando água e comendo a ração que foi providenciada. Ele havia sido encontrado e encaminhado à Delegacia. Foi um susto! Mas para esta amiga, estrangeira no Japão, foi uma experiência à parte. Alguém viu o cão perdido e teve o trabalho de levar aos policiais. Estes enquanto aguardavam o dono, alimentaram e trataram muito bem do <hóspede>.

O que fazer quando encontrar um objeto ou pertence perdido ?

  • Na rua, se não for de valor, poderá deixar em local visível para o dono que virá procurar. Se for um pertence de uma criança indo à escola, com certeza terá o nome escrito. Poderá encaminhar para a escola.
  • No trem, metrô e ônibus: entregar aos funcionários da estação ferrroviária, do metrô ou motorista do ônibus.
  • No restaurante, supermercado, farmácia, shopping: entregar no balcão de informações ou para um funcionário do estabelecimento comercial.
  • Em caso de objetos de valor, documentos e dinheiro, encaminhar para a delegacia.

O que fazer quando perder um objeto ou pertence?

Se possível volte ao local onde presume ter perdido, procure em volta. Se for estabelecimento comercial, vá ao balcão de atendimento. Se for no trem, ônibus ou metrô, telefone para as empresas transportadoras. Se foi algo de valor ou documento, poderá também checar se não foi levado à delegacia local.

Aprenda duas palavrinhas que ajudam bastante:

【 落し物 – “otoshi mono”, objeto perdido】e 【忘れ物 – “wasure mono”, objeto esquecido】

Achados e Perdidos - Curiosidades do Japão - Blog Isto é Japão! Universo Dekassegui

Referências: Blog Vida em Voltas, Blog Sushi com Banana

Artigo redigido por Marcelo Miyahista.

E vocês, já tiveram experiência em encontrar objetos perdidos? Ou mesmo ter perdido algo e encontrado depois? Deixei seu depoimento. Obrigado!

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Compar tilhe!
Clique aqui para deixar um comentário 1 comentários